terça-feira, junho 19, 2007

CURIOSIDADES PESSOAIS


Andava à procura de textos antigos, e encontrei estas


RESPOSTAS A UM INQUÉRITO DA "TV GUIA"
sobre "Confidências"

Não tenho as perguntas, mas as respostas são suficientes.
Responderia hoje igual, passados treze anos.

-Se calhar, fui muito melhor comportado em miúdo, do que em graúdo. Por isso, não tenho grandes tropelias a contar desses tempos... Pelo menos que me recorde...

-Fui um jovem muito mais inquieto do que irrequieto. Continuo a parecer, e a ser, muito mais pacato por fora do que por dentro.

-Quando somos miúdos todos temos diminutivos divertidos que dão para nos gozarmos uns aos outros. Mas, nada de grave. De resto, gosto do nome que tenho. Mais a mais, tem-me dado muito trabalho a construí-lo e a mantê-lo.

-Criou-se a lenda de que em criança ia às cavalitas de meu pai ao cinema. Não é verdade. Ia ao colo. Quanto a saudades, tenho muito mais do colo do pai do que dos filmes dessa época. O colo, perdi-o para sempre. Os filmes, lá os vou revendo quando posso...

-Todos os primeiros amores deixam marcas. Todos os últimos amores deixam marcas. Todos os amores deixam marcas. Senão não eram amores.

-Gostava de ser o Joseph Von Sternberg de Marléne. Ainda pergunta porquê?

-Fiel ao Vává? Sim. Mas não fiel ao mesmo prato, porque gosto de variar. Nada pior do que a rotina. Por vezes aceito as sugestões do Zé Manel, do Costa ou do Quintas - eles já me conhecem bem!

-Gosto de cozinhar e gosto de estar na cozinha. Acho a cozinha extremamente excitante - pode ser criativa, sensual, repousante, imprevista. Não gosto é de lavar a louça. E dizem que eu sujo muita, quando me dá a veia culinária. Mas detestava ter de cozinhar todos os dias.

-Só acredito no poder afrodisíaco do próprio amor. Os condimentos não são necessários, quando se vive um grande amor.

-No amor, se sou "intensamente fogoso" ou "ternamente sedutor", não sou eu quem deve responder. É perguntar a quem de direito... Mas gostava de ser recordado como um misto de tudo isso.

-Gosto de inventar os meus próprios filmes. Levar para o cinema cenas de amor que se viveram pode ser interessante. Copiar as cenas de amor dos filmes, revela, além de tudo o mais, falta de imaginação. E não dá jeito nenhum.

-Sou leão de signo, além de leão de camisola. Deve ser por isso que me levam melhor com uma palavra de carinho, ou uma ternura no momento certo, do que com promessas de impérios. Já podem ter tentado o assédio sexual, mas sem resultado. Sou muito orgulhoso para permitir a promiscuidade entre os sentimentos e o capital ou o poder. Neste campo, nem compra, nem venda - só dádiva.

-Nunca usei aliança, porque me incomoda. Também não uso aneis de qualquer espécie. Pode dar a interpretação psicanalítica que quiser.

-Cada vez é mais dificil acontecerem "coisas estranhas". Já é tudo possível - basta ler os jornais.

-Os vícios privados estão para as virtudes públicas, como os vícios públicos para as virtudes privadas. O importante na vida é a coerência. Detesto a hipocrisia.

-Gosto de jogar pelo prazer do desafio e pelo prazer do convívio com amigos. Jogar na Bolsa não me dá gozo, e com o jeito que tenho para os negócios, ia á bancarrota pela certa.

-Quando estou doente, primeiro tomo os comprimidos todos que encontro. Se não passa a mazela, lá chamo os "anjos da noite" ou o "médico da família".

-Não sou homem para pantufas.

-Sonho sobretudo com os filmes que gostaria de fazer. E são tantos. E o tempo tão pouco.

-Gostava, acima de tudo, que o meu filho Frederico seguisse os seus próprios passos. Se os seus passos forem atrás dos meus, sentir-me-ei feliz. Quem procura transmitir uma paixão aos outros, tem de sentir-se feliz, se o consegue. Sobretudo a um filho. (22.Janeiro. 1994)

10 comentários:

S. disse...

Que linda foto!!!!!!!!!!!!
Que artista, a fotografa!
;-)

Lauro António disse...

Bom motivo, boa máquina, um razoável toque no botão, [e verdade. Bjs.

Lauro António disse...

Bom motivo, boa máquina, um razoável toque no botão, [e verdade. Bjs.

Ouriço disse...

Gostei muito da foto e do texto.

Ida disse...

Adorei a entrevista e saber um pouco mais de ti. COmo hj fiquei quietinha de milho em casa, é certo que amanhã teremos conversa... Espero bem que sim... Beijos!

BlueAngel disse...

Este tipo de questionários, quando bem feitos e respondidos com sinceridade, são fantásticos. Gostei de ler as suas respostas e, tenho quase a certeza, de que adivinhei as perguntas todas. :-) Não é dificil.

BlueAngel disse...

Ahhhh, a foto está girissíma. :-)

Anónimo disse...

Confirmo que depois de "ternamente sedutor" é "intensamente fogoso". ;-) Gostei das curiosidades. AnónimA

Ana Paula disse...

Pois... Está muito bem.
A entrevista também é muito rica de significados.
:)

isabel mendes ferreira disse...

beijo não de C. mas de Lisboa....:)))))

_________________obrigada Lauríssimo.





beijos.