sábado, julho 28, 2007

SÉRIES PREFERIDAS


O blogue “Detesto Sopa”, da famigerada M. (a quem posso mandar os beijos todos que me apetecer que ninguém se ofende, assim seja!), lembrou-se de me nomear para eu indicar as minhas cinco séries de televisão favoritas. Acontece que nunca fui muito de séries, até à época em que as séries apareceram empacotadas em caixas de DVDs. Aí não mais parei. Já tenho umas 60, muitas das quais até já vi integralmente (!).
Acho que nunca tive paciência para esperar pela semana seguinte para ver o novo episódio, e tinha tanto cinema para ver que fui sempre descurando as séries. Não quer dizer que uma ou outra vez uma série não me tivesse “apanhado”, mas sempre ocasionalmente. N ada como agora.
Vejamos: “24” não perco. Deve ser uma das séries mais pró-Bush que conheço (um dia gostava de escrever sobre isso, mas, e o tempo?), e uma das mais bem feitas e das que melhor me prende ao sofá noites seguidas, com a malta familiar e amiga à volta. Depois há os “CSI, Las Vegas, Miami, Nova Iorque, etc” e os “Ficheiros Secretos”, não esquecendo, obviamente, “Prison Breack”. Mas essas são as actuais, e não sei onde coloco, por exemplo, “Recordando o Passado em Brideshaed” ou “A Família Bellamy”, ou “Allô!, Allô!”, ou "Fawlty Towers", ou os incomparáveis “Monthy Python e o Circo Voador”. Ou a deliciosa “A Pequena Grã-Bretanha”, não esquecendo “Mr. Bean” e “Sim, Senhor Ministro”. E o velho companheiro, "Alf".
E “Roma” fica entre as 5 mais ou não? E "Os Sopranos"? Claro que “Twin Peacks” tem de figurar. Do mesmo David Lynch, “On the Air”. Não podendo faltar “Alfred Hitchcock Apresenta” (que lata! copiar-me o título!) que agora reapareceu para gáudio de todos. Séries de médicos e para-médicos é que não, muito obrigado. Sejam ou não bem feitas, aquilo não bate com a minha hipersensibilidade ao ambiente. Prefiro claramente os fantásticos, a “Quinta Dimensão”, “Tales from the Crypt”, a velhinha “Guerra dos Mundos” ou “Dr. Who”. “A Família Addams” também poderia figurar. De resto vejo com muito prazer os policiais: “Sherlock Holmes”, “Agatha Christie”, “Maigret”, “O Polvo”, e mesmo uns “O Santo”, “O Fugitivo” ou esse "Modelo e Detective" com uma divina Cybil Shepperd. Depois, onde vou colocar "Six Feet Under", "Extras", “The Office”, "Seinfeld", “MacGyver", “Sex and the City”, “Mad About You"?
Há duas séries portugueses que adorei, "Tal Canal" e “Herman Enciclopéia” (claro, escusam de perguntar o que penso sobre o “Lauro Dérmio”!) e uma brasileira magnífica, “Os Normais”.
O meu maior problema é que se os estiver a ver, não posso responder a estes desafios (os únicos que aceito). E se estiver aqui a escrever, não vejo mais um episódio de “Alfred Hitchcock Presents”, que chegaram agora, quentinhos e frescos.
Donde o melhor é ficar por aqui.
(nesta altura o grilo do Pinóquio segreda-me ao ouvido: “olha que são só 5” “Só cinco? Onde é que se viu uma série só com 5?”, pergunto eu. “Isso não é uma série, é uma mini-série!” “Mas tens de escolher!”. “Nunca ouviste falar na liberdade do leitor? Ele que escolha. Esta é uma escolha “aberta”, made in Umberto Eco, “meu”.”).

Dado que fui de uma irresponsabilidade total e não correspondi ao solicitado, tenho de me portar bem agora e enviar esta sugestão a mais cinco bloguistas.
A maioria dos/das que me estão mais próximos/as já responderam (e como não quero que me digam “Olha lá, não viste que já respondi a essa questão há cinco posts atrás!?”), vou enviar para amigas recentes, a fim de estreitar laços em série:

10 comentários:

Ana Paula disse...

Ena, tantas!! :) E todas óptimas! Tenho que aproveitar este tempo de férias e (re)ver algumas...
Beijinhos

Anónimo disse...

EU NÃO GOSTO DE CORRENTES! SE EU GOSTASSE O QUE SERIA???

Lauro António disse...

Minha Cara Anónima:
Eu não gosto de correntes em que os autores de blogues se tentam por em bicos dos pés para "GANHAR" nomeações para o que quer que seja: as maravilhas, os tomates, os grelos, etc.
Eu gosto de correntes interessantes onde não se ganha nada, mas se procura apenas saber um pouco mais dos gostos e das preferências de cada um de nós.
Percebido?
Continuamos amigos, "como sempre"

Ida disse...

Nr1: Pq achas que o "anônimo" é umA anônimA?

Nr2: Quem se aborrece com os beijos que mandas? Só se for quem não for destinatáriA. :p

Nr3: Modelo e detetive no Brasil era "A gata e o rato", mais criativos que somos, não achas?

Nr4: Fiquei morrendo de inveja e já agora, eu nomearia "X files", "Contos da Cripta", "Beyond imagination", "Família Adams", "A feitceira", "Jinnie é um gênio" - com o Major Nelson, e por causa do gracinha do George Clooney, claro, ER... mas giro mesmo é comparar o modo como os títulos ficaram consagrados em Pt de cada lado do oceano.

Beijos a 15 graus... isto aqui está ficando um Brasil... tive que ir buscar Pópó e Tátá, as minhas pantufas hipopótamas! :)

Espero que sr. LA e sra. M estejam gozando um verão comme il faut, que já é tempo dele!

C. disse...

Olá Lauro

um texto atraente e uma série de escolhas hiper interessantes. tentarei, também eu, falar de uma série delas. muito obrigada pela lembrança e pela inclusão dos Frémitos ali, na lista ao lado.

:)) um bom domingo para si.

Ouriço disse...

Então e o nosso 112????
:)))
Bjs

annabel lee disse...

Desafio mais do que aceite! ***

vague disse...

Ah, as séries, companheiras de infância e adolescência!
Vou tratar de partilhar os meus laços numa maré perto de si :)

vague disse...

Já viu as minhas? São todas mais velhas q eu!!!!!!!!!
:)))
beijoka simpática

Sony Hari disse...

Desafio aceite e respondido. Não foi possível mais cedo. Bj