sábado, abril 28, 2007

BLOGUES QUE FAZEM PENSAR

BLOGUES QUE FAZEM PENSAR

Os blogues “Bandida”, “Música do Acaso” e “NonBlog” nomearam este meu blogue na corrente dos “Blogues que fazem Pensar”. Agradeço a todas a nomeação, que se fica a dever mais à amizade do que a outro critério qualquer. Nestas “correntes”, como em outras votações da blogosfera, não está em causa o merecimento, mas a proximidade física e emocional. O que até se compreende. Por estes lados, "como na vida", vão-se criando “aldeias” de vizinhos, blogues que se visitam uns aos outros e que ficam a falar entre si nas soleiras das portas, e confirmam ou criam laços de amizade – ou de outros sentimentos, todos eles legítimos, e alguns bem saborosos! Posto isto, não me escandaliza nada que se vote por amizade, amor ou outra forma de proximidade. Vota-se no que se gosta, porque se conhece. Vota-se no que se conhece, porque se gosta. Também se pode votar porque se quer conhecer. E esta, hei?
Já o motivo desta votação me desagrada: “Blogues que me fazem pensar”? Que é isso? Acho que ninguém “Bloga, logo pensa”. Todos “Pensamos, logo blogamos”. Ou seja, eu penso antes de blogar ou ler blogues. Eles não me fazem pensar. Ou então “todos” me fazem pensar, o que anula o significado da pergunta. Um blogue particularmente idiota faz-me pensar. Às vezes muito, se calhar mais do que um blogue “muito intelectual”, daqueles a armar ao pingarelho.
Os blogues podem votar-se por que gosta do seu autor, porque se é amigo de longa data (e é-se amigo porque existe uma proximidade, logo uma cumplicidade), porque simplesmente se simpatiza com alguém que até não conhecemos, enfim, até porque se acha o blogue interessante ou excelente. Todas as razões são legítimas. O contrário também o é: ignorar acintosamente alguém, porque se quer mostrar publicamente isso mesmo, que o ignoramos, por muito interessante, ou não, que seja o seu trabalho.
Posto isto, estas três nomeações de verdadeiras amigas “obrigam-me” a entrar na corrente, coisa que detesto. Detesto sentir-me obrigado por “correntes”. Mas quando as correntes são de amigas, nada a fazer: não posso fugir, lá terei que nomear cinco "blogues que me fazem pensar". Mas como disse, todos os blogues que frequento me fazem pensar, e não será sequer por virtudes de muitos deles. Também os há que me fazem pensar por defeito. E há ainda os que me fazem pensar, mas eu não nomeio, porque “amor com amor se paga”.
Seguindo a batota que já vi ser praticada em blogues que visito (e me fazem pensar!), dado que fui nomeado três vezes, posso nomear quinze blogues (um dos meus problemas é que gostaria de nomear todos os blogues que tenho na minha lista pessoal, aqui ao lado, e alguns outros de que muito gostei nas rondas diárias pela blogosfera, e que perdi a referência).

Vamos então a votos:
1.
NÃO HÁ NADA COMO O REALMENTE
DETESTO SOPA
MÚSICA DO ACASO
BANDIDA
NONBLOG
2.
A a Z
CADERNO DE CAMPO
DA LITERATURA
HOJE HÁ CONQUILHAS
PIANO
3.
AMARCORD
CINERAMA
AS IMAGENS PRIMEIRO
PASMOS FILTRADOS
WASTEDBLUES

Nota: se voltar a ser votado, ainda tenho mais blogues para votar. Contando com votos futuros neste meu blogue, antecipo votos meus noutros blogues:
BRANCO AZUL
CASA DE OSSO
ENCANDESCENTE
INOMINÁVEL
INTRUSO
LAPIS EXILIS
LETRAS DE BABEL
LILACDAYS
MINISCENTE
REPÚBLICA E LAICIDADE
SULBURDIO
TALVEZ TE ESCREVA
A TRADUÇÃO DA MEMÓRIA

E tenho ainda a citar…

(O quê? Estou a subverter as regras da “corrente”? Pois, eu sabia, detesto “correntes”! Se quiserem assim, leiam, não se não quiserem, passem à frente… mas ele há tantos blogues que me fazem pensar… ainda só ia na primeira metade… mas está bem… um dia continuo… por hoje, fico por aqui. Beijinhos e abraços aos nomeados: todos me fazem pensar, o que não é uma virtude deles. Mas a todos prezo muito, pela amizade e o prazer que me dão ao lê-los, isto já é uma virtude deles).
Nota: os links para os blogues votados estão aqui ao lado, na minha lista de preferidos.

18 comentários:

Ida disse...

Tu não dormes! Nem eu, é verdade... Adorei o texto, fica como uma reação ainda que vinda de alguém que está dentro, na corrente, na "ação", mas não se deixa nublar pela proximidade com o fenômeno da blogosfera, que insiste em... pensar. Beijos

Já agora, obrigada pela nomeação... mesmo que não seja por virtude própria... não resisti!:)

Ana Paula disse...

Obrigada pela referência ao meu blog. Entendo muito bem toda esta problemática que refere e concordo plenamente com o carácter relativo das nomeações. Apesar de tudo, inseri-me na corrente, mas todas essas questões que foca me surgiram.
Apesar de tudo, interpreto este elo de nomeações como mais uma forma de comunicação gerada aqui na blogosfera. Com todas as suas limitações.
Bj amigo da A.P.

Ouriço disse...

Ora bem, nem mais!
Obrigada pela parte que me toca.
Bjs!

M.M. disse...

Gostei bastante deste texto. :-)

Lauro António disse...

Ida: a tua "virtude própria", como a de todos os outros que nomeei,ou gostaria de ter nomeado (cada um à sua mameira e com intensidades definidas),é a amizade que se expressa nesta forma de diálogo, e o prazer que me dás a ler-te. Muito mais importante que "fazer pensar", até porque não se pode fazer pensar quem não pensa.
Por isso, o prazer que dá o comvívio e a leitura, com partilha de ideias e emoções, isso sim é importante. Exercitar o pensamento e a sensibilidade, sim, é essencial. O que agora estamos a fazer. falar contigo é também atravesar o Atlântico, o que é muito bom. Contigo. Por isso, toma lá um beijo.

Lauro António disse...

Ana Paula: tu que sabes como se deve exercitar o pensamento, tu que te devoatsa essa tarefa de alma e coração, julgo que deves perceber bem a nuance: fazer pensar tem uma conotação que me irrita. Vem de "fábrica". Irrita-me "fazer pensar", como sempre me irritou o termo "fazer amor". São actos que ninguém deve "impor" ao outro, estilo "vou-te fazer pensar". Tu, por exemplo, exercitas-me o pensamento e a sensibiliade com o que escreves, por isso frequento a tua "Música" e o teu convívio, e te tenho como amiga. Um beijo daqui...

Lauro António disse...

Ouriço: das "descobertas" que fiz na blogosfera, és das mais cativantes. O teu blogue é um sopro de vida, de agilidade, de inteligência e sensiblidade que se pode expressar numa frase, ou numa imagem. Já te conhecia cá fora (mal, obviamente). Agora conheço-te muito melhor, e foi o teu blogue que te deu a conhecer. Foste uma revelação muito boa, tu e a tua roda de amigos, "Pai" incluído. São aquele tipo de pessoas que "dá gosto", percebes? És daquelas que "fazes pensar","na boa", porque nada em ti naturalmente pode deixar de fazer pensar. Até uma simples mala... Beijos prá Ouriço e prá família (e desculpa lá qualquer coisinha. Por falar nisso, temos de falar no 112!).

Lauro António disse...

M.M.: Começaram as injustiças, razão mais que evidente para não se alinhar neste tipo de "corrente": Os teus blogues são daqueles por onde passo com um evidente prazer, tanto o "Em Cena" como o "Arte & Lingua". Depois tive o privilégio de te conhecer pessoalmente no teatro, e foi muito bom. O teu trabalho é muito bom, e continuarei a acompanhá-lo. Não citar os teus blogues foi um esquecimento imperdoável. Já agora: leste o que te mandei? Um beijo (no pescoço, e tu sabes porquê!) lol

alice disse...

muito obrigada, lauro antónio, por mais esta referência. tem sido um verdadeiro estímulo para mim. bem haja! votos de bom fim de semana. um grande beijinho.

S. disse...

Obrigada.
Tenho de confessar que nos tempos que correm não sei muito mais o que possa dizer, justifico com o que escrevi em 3 posts no meu sítio, no dos meus votos, no que agradeço à Bandida e no "Posso ser honesta?".

Obrigada mais uma vez, mas acho que não mereço!
Um beijinho.

isabel mendes ferreira disse...

:)))))))))))))))))))

lauríssimo laureado por mim ao longo dos anos....

beijos.



________________



no pódeo da amizade.



_______________

parabéns.


e grata.

isabel victor disse...

Oh, Lauro Lauríssimo ...
Que maravilha !

E o " Caderno de campo " lá está entre os teus nomeados ...


Contente ...
Reconhecida

"LA Apresenta-se" é uma Avenida Larga de ideias, plena de inspiração, sempre movimentada, afável, multipla e colorida, por onde passo, diariamente, com curiosidade e prazer !

Como todas as grandes Avenidas é uma artéria imensa que bombeia energia, acolhe generosamente quem por lá se passeia e dá palco à nobreza (das ideias, das artes e dos sentimentos )

Em dias de FESTA enfeita-se !
Em dias cinzentos também LA está ...

Todos os dias são DIAS na grande avenida !


LA és a Avenida Central da nossa blogComunidade ! Eu te nomeio ...
" A artéria principal " !

Lauro António disse...

Alice: é um prazer sempre visitar o seu blogue. Um prazer às vezes doloroso, inquietante, mas um prazer. Beijo.

Lauro António disse...

S.: que o blogue te ajude a crescer, em felicidade! Não aprecio especialmente a tua propensão para o drama, o conflito e o desespero, mas há muito de excelente em ti. Aproveita-o bem e continua a escolher boas imagens para nos agradar a vista.

Lauro António disse...

isabel mendes ferreira: aquela foto tua a repousar no meu ombro, inspira-me. Sabes? Se a amizade pudesse ter uma imagem, era aquela. Um beijo
--------------------------
pianissimo

Lauro António disse...

isabel victor: Se por aqui há avenidas (que bela imagem!) foste tu que as desbravastes com a tua simpatia. Descobrir pessoas como tu é um privilégio muito bom. Gosto da claridade do teu olhar. Um beijo

M.M. disse...

Caro Lauro

Obrigada pelos elogios!
Neste momento estou a trabalhar em duas novas adaptações para teatro, em breve darei mais notícias.
Quanto ao "beijo no pescoço", já está na minha secretária, pronto para ser lido como deve ser. Desta vez não falha.
Beijinhos.

wasted blues disse...

Obrigado pela nomeação, caro Lauro! Admito a minha surpresa :)