domingo, agosto 03, 2008

PASSATEMPO DE VERÃO, VI


SERENATA À CHUVA

"Serenata à Chuva" é um dos meus 10 filmes preferidos. Há muitos anos que não lhe toco, que não o arredo do Top Ten. Uma obra espantosa de modernidade cinematográfica, uma magnífica lição de História do Cinema (a passagem do "mudo" para o "sonoro"), uma comédia de um humor irressistível e de uma inteligência cintilante, excelentes actores, uma história imaginosa, o filme mais "feliz" das nossas vidas. Quando nos encontramos um pouco deprimidos, basta rever "Singing' in the Rain" para a boa disposição regressar. Realização de 1953, assinada por Stanley Donen e Gene Kelly. Vai para a Rosário, do "Divas e Contrabaixos" que se passeia por Paris, onde Kelly foi também "Um Americano em Paris" (outra obra-primka, esta de Vincent Minnelli).












Ainda uma homenagem a Cyd Charisse, desaparecida há pouco, uma actriz belissima, uma bailarina fabulosa e umas das mais belas pernas da História do Cinema:


2 comentários:

Ana Paula disse...

É verdade, é um filme único! :)

MRF disse...

Obrigada!___________ mas agora estou num cybercafe em Roanne, em plena campagne française. Gros Bisous