segunda-feira, maio 18, 2009

MANOEL DE OLIVEIRA

:
...E OS ACTORES

Manoel de Oliveira recebeu há minutos o Globo de Ouro de carreira. E deu lição de cinema. Do seu cinema. Explicou:
Dizem alguns que sou um mau director de actores. Engano. Eu nunca os dirijo. Eu sou dirigido por eles.”
Eu, que trabalho de forma diferente, curvo-me perante a teoria de Oliveira, tão boa como outra qualquer. Saber isso é, no entanto, uma forma de compreender melhor o seu cinema, a sua estética e a sua ética ao filmar.
Coerência e sinceridade, num homem que impõe um notável respeito.
Parabéns, Mestre!

4 comentários:

V. disse...

Também retive essa frase e achei muito bonito e sincero:
"Estou numa situação difícil, o que acontece sempre que estou em frente ao microfone (...) É difícil dizer o que sinto no meu coração. (...) Eu mereço este prémio pelos grandes artistas que trabalharam comigo (...) Este prémio e esta homenagem que fazem ao meu trabalho devo-os aos actores"

Venham mais anos.

Margarida Pereira disse...

O cinema dele é como a arte contemporânea: é necessário, além de 'sentir', aprender.
Ou mais: apreender.

Rui Luís Lima disse...

Manoel de Oliveira é uma figura incontornável no interior da Sétima Arte.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Frioleiras disse...

Adoro.....................

Simplesmente..

Adoro-O ..........
..................................