quarta-feira, dezembro 30, 2009

FELIZ "2010: ANO DO CONTACTO"

:
Em 1984, Peter Hyams realizou “2010: The Year We Make Contact” (que em Portugal se chamou “2010: O Ano do Contacto”), com argumento retirado de um romance de Arthur C. Clarke (o mesmo que havia escrito “2001:Uma Odisseia no Espaço”, de que “2010” pretendia ser uma sequela). Entre os actores estavam Roy Scheider, John Lithgow, Helen Mirren, Bob Balaban e Keir Dullea.
Nove anos depois da infausta missão da nave “Discovery”, “perdida” na proximidade de Júpiter, provocando a morte de toda a tripulação, “assassinada” pelo computador Hal 9000, os EUA e a URSS enviam uma equipa mista, numa nave de nome “Leonov”, com o intuito de descobrir o que teria acontecido à “Discovery” e deslindar os segredos do célebre monólito negro que aparecia no filme de Kubrick. O que ignoram é que estão também muito próximos de encontrar algumas das respostas para os mais profundos mistérios da Humanidade. Este o tema de “2010”, o “ano do contacto”. Não era uma obra-prima como “2001”, mas era um filme interessante.

Cá estamos, com 2010 à porta. Faltam algumas horas. O que se deseja é que ele seja realmente o “ano do contacto” entre os povos da Terra, um contacto solitário e fraterno, de mútuo respeito. Um contacto amigo e digno. Feito de amizade e de amor. Feito sobretudo de Humanidade.
É o que desejo para mim, para os meus familiares, para os amigos de longa ou curta data, para todos “os homens e mulheres de boa vontade”. Aqui ficam, portanto, com uma imagem de cinema, os melhores votos de Boas Entradas em 2010 e que este seja o melhor ano das nossas vidas e o primeiro de um longo futuro repleto de bons sonhos concretizados.

Nota singular: Stanley Kubrick, realizador de “2001”, faleceu em Março de 1999, dois anos antes da data referida no seu filme. Arthur C. Clarke, escritor de “2001” e “2010”, morreu em Março de 2008, dois anos antes da data mencionada no seu segundo romance desta saga. Nenhum deles chegou, portanto, a ver o ano das suas previsões. Apenas uma curiosidade.

7 comentários:

V. disse...

Na passagem de ano, como de costume, renovam-se votos e renasce a vontade de realizar sonhos e cumprir desejos. Mas, a verdade, é que qualquer dia, qualquer data, qualquer ano, é bom para descobrirmos que não estamos sós no mundo (e mais além) ou que, entre tanta humanidade, por aí andará alguém tão especial que nos faça ver as coisas com outros olhos carregados de poesia e novas cores. Isso sim é uma descoberta fantástica.
Um excelente ano de 2010 e todos os outros que vierem a seguir.

Um beijo

isabel victor disse...

Que "o ano do contacto" se cumpra.

Muitas felicidades


um beijo


iv

Helder Magalhaes disse...

Um bom ano 2010!

Com o abraço, do
Helder

S. disse...

Bom 2010!!!!!!!!!!!!

Muitos beijinhos para todos aí em casa.

P.S. Ohhhhh.... um bébé!!!!
(Estou tão insuportável)


:-)

Tiago Moita disse...

Gostaria de fazer uma pergunta: sabendo que as "odisseias" do grande escritor Arthur C.Clark eram três e não duas, porque é que Kubrick não filmou o filme que encerra a triologia - "2061 - Terceira Odisseia"?

Fica a Pergunta.

Um abraço e bom ano para ti.

O escritor:

TIAGO MOITA

www.gargantadosilencio.blogspot.com

Ana Paula Sena disse...

Em 2010, deixo um pequeno apontamento:

«Nenhum meio mecânico, por mais expedito que seja, nenhum materialismo, ainda que triunfante, poderá erradicar esse alvorecer interior que experimentamos sempre que compreendemos um Mestre.» - George Steiner

[Algo que subscrevo]

...com um grande abraço!

Frioleiras disse...

Caro Lauro,
Um Bom ano de 2010 para ti e tua família,

com muita

saúde,
calor humano
e... o pão nosso de cada dia !!!!!

bjnhs