sábado, fevereiro 21, 2015

OSCARS 2015 - PREVISÕES


OS OSCARS QUE SE APROXIMAM

Não se pode dizer que tenha sido um ano extraordinário. Temos uma colheita razoável, sem sobressaltos. Há meia dúzia de filmes interessantes, há muito boas interpretações, não há, quanto a mim, obras-primas, e mesmo os títulos mais interessantes não deslumbram. Foi um ano sobretudo de actores.
Claro que gostei de ver alguns filmes, que passo a citar: “American Sniper”, “Birdman”, “Boyhood”, “The Grand Budapest Hotel”, “The Imitation Game” ou “Whiplash”. Como não tenho que fazer fretes, ninguém me paga para isso, escrevo sobre o que me apetece, não vi “The Theory of Everything”, “Still Alice” ou “Foxcatcher”. Confesso que não tive pachorra e acredito que Julianne Moore vá ganhar o Oscar de Melhor Actriz e não me espanta nada que Eddie Redmayne também o faça em relação ao Melhor Actor. De resto, não vi outros nomeados por falta de tempo, pois ando mais atento a clássicos por questões de trabalho. E de gosto, também.
Previsões posso-as fazer. Para Melhor Filme, “Birdman” e “Boyhood”, mais este último, são fortes candidatos. “The Grand Budapest Hotel”, “The Imitation Game” ou “Whiplash” são outras referências fortes. Quanto ao realizador, Richard Linklater (de “Boyhood”) não deve deixar escapar a estatueta. O meu actor preferido é Benedict Cumberbatch (The Imitation Game), Michael Keaton (Birdman) é outra possibilidade, mas o mais provável, na óptica da Academia, será Eddie Redmayne (The Theory of Everything). Nas actrizes não há dúvidas: Julianne Moore (Still Alice), mesmo sem ver  filme. Mas Rosamund Pike (Gone Girl) seria uma outra óptima escolha. Nas secundárias, Patricia Arquette (Boyhood) está imbatível e o mesmo se poderá dizer quanto aos homens: JK Simmons (Whiplash). Aqui não há dúvidas.
Nos argumentos “Birdman” poderá ser o Original, mas “The Grand Budapest Hotel” também o merecia, e “Gone Girl”, para mim, seria o melhor Adaptado, mas nem sequer está nomeado. “The Imitation Game”, “Inherent Vice” ou “Whiplash” serão as alternativas.
Creio que “The Grand Budapest Hotel” vai sair com alguns Oscars técnicos, bem merecidos, e quanto a documentários e curtas-metragens não vi nada, nem avanço prognósticos. Para Melhor Filme em Língua não Inglesa, há dois fortes candidatos: “Ida” (Pawel Pawlikowski, Polónia) e “Leviathan” (Andrey Zvyagintsev, Rússia). Mais não digo.

Segue a listagem dos nomeados para os Oscars de 2015, referentes a filmes estreados durante o ano de 2014. A verde, vão as minhas apostas nas escolhas da Academia. Domingo de madrugada, veremos o que a realidade nos oferece.


LISTA DE NOMEADOS

Melhor Filme
American Sniper (Clint Eastwood, Robert Lorenz, Andrew Lazar, Bradley Cooper e Peter Morgan)
Birdman ou (The Unexpected Virtue of Ignorance) (Alejandro G. Iñárritu, John Lesher e James W. Skotchdopole)
Boyhood (Richard Linklater e Cathleen Sutherland)
The Grand Budapest Hotel (Wes Anderson, Scott Rudin, Steven Rales e Jeremy Dawson)
The Imitation Game (Nora Grossman, Ido Ostrowsky e Teddy Schwarzman)
Selma (Christian Colson, Oprah Winfrey, Dede Gardner e Jeremy Kleiner)
The Theory of Everything (Tim Bevan, Eric Fellner, Lisa Bruce e Anthony McCarten)
Whiplash (Jason Blum, Helen Estabrook e David Lancaster)

Melhor Realizador
Richard Linklater (Boyhood)
Morten Tyldum (The Imitation Game)
Alejandro G Inárritu (Birdman)
Bennet Miller (Foxcatcher)
Wes Anderson (The Grand Budapest Hotel)

Melhor Actor
Steve Carell (Foxcatcher)
Bradley Cooper (American Sniper)
Benedict Cumberbatch (The Imitation Game)
Michael Keaton (Birdman)
Eddie Redmayne (The Theory of Everything)

Melhor Actriz
Marion Cotillard (Two Days one Night)
Felicity Jones (The Theory Of Everything)
Julianne Moore (Still Alice)
Rosamund Pike (Gone Girl)
Reese Witherspoon (Wild)

Melhor Actor Secundário
Robert Duvall (The Judge)
Ethan Hawke (Boyhood)
Edward Norton (Birdman)
Mark Ruffalo (Foxcatcher)
JK Simmons (Whiplash)

Melhor Actriz Secundária
Patricia Arquette (Boyhood)
Keira Knightley (The Imitation Game)
Emma Stone (Birdman)
Meryl Streep (Into The Woods)
Laura Dern (Wild)

Melhor Argumento Adaptado
American Sniper (Jason Hall)
The Imitation Game (Graham Moore)
Inherent Vice (Paul Thomas Anderson)
The Theory of Everything (Anthony McCarten)
Whiplash (Damien Chazelle)

Melhor Argumento Original
Birdman (Alejandro Gonzalez Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris Jr, Armando Bo)
Boyhood (Richard Linklater)
Foxcatcher (E. Max Frye e Dan Futterman e Bennett Miller)
The Grand Budapest Hotel (Wes Anderson e Hugo Guinness)
Nightcrawler (Dan Gilroy)

Melhor Fotografia
Birdman (Emmanuel Lubezki)
Grand Budapest Hotel (Robert D Yeoman)
Ida Ryszard Lenczewski e Łukasz Żal)
Mr Turner (Dick Pope)
Unbroken (Roger Deakins)

Melhor Montagem       
American Sniper – Joel Cox e Gary D. Roach
Boyhood – Sandra Adair
The Grand Budapest Hotel – Barney Pilling
The Imitation Game – William Goldenberg
Whiplash – Tom Cross

Melhor Música Original
Alexandre Desplat – The Grand Budapest Hotel
Alexandre Desplat – The Imitation Game
Hans Zimmer – Interstellar
Gary Yershon – Mr. Turner
Jóhann Jóhannsson – The Theory of Everything

Melhor Canção
"Everything Is Awesome" - The Lego Movie – Shawn Patterson
"Glory" - Selma – John Stephens e Lonnie Lynn
"Grateful" - Beyond the Lights – Diane Warren
"I'm Not Gonna Miss You" - Glen Campbell: I'll Be Me – Glen Campbelland Julian Raymond
"Lost Stars" - Begin Again – Gregg Alexander e Danielle Brisebois

Melhor Guarda-roupa
Milena Canonero (The Grand Budapest Hotel)
Mark Bridges (Inherent Vice)
Into the Woods (Colleen Atwood)
Maleficent (Anna B. Sheppard e Jane Clive)
Mr. Turner (Jacqueline Durran)

Melhor Design de Produção
The Grand Budapest Hotel – Adam Stockhausen (Design de produção); Anna Pinnock (Decoração)
The Imitation Game – Maria Djurkovic (Design de produção); Tatiana Macdonald (Decoração)
Interstellar – Nathan Crowley (Design de produção); Gary Fettis (Decoração)
Into the Woods – Dennis Gassner (Design de produção); Anna Pinnock (Decoração)
Mr. Turner – Suzie Davies (Design de produção); Charlotte Watts (Decoração)

Melhor Maquilhagem e Cabeleireiro
Foxcatcher – Bill Corso e Dennis Liddiard
The Grand Budapest Hotel – Frances Hannon e Mark Coulier
Guardians of the Galaxy – Elizabeth Yianni-Georgiou e David White

Melhores Efeitos Visuais
Interstellar – Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick
Dawn of the Planet of the Apes – Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist
Guardians of the Galaxy – Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould
Captain America: Winter Soldier – Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher
X-Men: Days of Future Past – Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer

Melhor Montagem Sonora
American Sniper (Alan Robert Murray e Bub Asman)
Birdman ou (The Unexpected Virtue of Ignorance) (Martin Hernández e Aaron Glascock)
The Hobbit: The Battle of the Five Armies (Brent Burge e Jason Canovas)
Interstellar (Richard King)
Unbroken (Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro)

Melhor Mistura Sonora
American Sniper (John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin)
Birdman ou (The Unexpected Virtue of Ignorance) (Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga)
Interstellar (Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten)
Unbroken (Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee)
Whiplash (Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley)

Melhor Filme Estrangeiro
Ida (Pawel Pawlikowski, Polónia)
Leviathan (Andrey Zvyagintsev, Rússia)
Tangerines (Zaza Urushadze, Mauritânia)
Timbuktu (Abderrahmane Sissako, Argentina)
Wild Tales (Damián Szifron, Estónia)

Melhor Filme de Animação
Big Hero 6 (Don Hall, Chris Williams e Roy Conli)
The Boxtrolls (Anthony Stacchi, Graham Annable e Travis Knight)
How to Train Your Dragon 2 (Dean DeBlois e Bonnie Arnold)
Song of the Sea (Tomm Moore e Paul Young)
The Tale of the Princess Kaguya (Isao Takahata e Yoshiaki Nishimura)

Melhor Curta-Metragem  de Animação
The Bigger Picture (Daisy Jacobs e Christopher Hees)
The Dam Keeper (Robert Kondo e Dice Tsutsumi)
Feast (Patrick Osborne e Kristina Reed)
Me e My Moulton (Torill Kove)
A Single Life (Joris Oprins)

Melhor Documentário – Longa-Metragem
CitizenFour (Laura Poitras, Mathilde Bonnefoy e Dirk Wilutzky)
Finding Vivian Maier (John Maloof e Charlie Siskel)
Last Days in Vietnam (Rory Kennedy e Keven McAlester)
The Salt of the Earth (Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado e David Rosier)=
Virunga (Orlando von Einsiedel e Joanna Natasegara)

Melhor Documentário - Curta-Metragem
Crisis Hotline: Veterans Press 1 (Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry)
Joanna (Aneta Kopacz)
Our Curse (Tomasz Śliwiński e Maciej Ślesicki)
The Reaper (La Parka) (Gabriel Serra Arguello)
White Earth (J. Christian Jensen)

Melhor Curta-Metragem – Ficção Imagem Real
Aya (Oded Binnun e Mihal Brezis)
Boogaloo e Graham (Michael Lennox e Ronan Blaney)
Butter Lamp (La Lampe au Beurre de Yak) (Hu Wei e Julien Féret)
Parvaneh (Talkhon Hamzavi e Stefan Eichenberger)

The Phone Call (Mat Kirkby e James Lucas)


1 comentário:

Paola Sánchez disse...

Não há dúvida de que os prêmios Oscar deste ano estavam cheios de surpresas. Vá a uma das indicações mais esperado foi do filme Foxcatcher ,uma história de drama e por que não para segurar, onde a paixão e amor pelo esporte são distorcidas pelos interesses dos outros.