sábado, junho 16, 2007

OS 10 MELHORES DOCUMENTÁRIOS DE SEMPRE



Todas as listagens de preferências são algo arbitrárias e quase sempre injustas. Esta também o será, sobretudo num campo onde o conhecimento das obras não é tão amplo quanto seria desejável. Escolhi os meus "10 preferidos" tendo em conta obviamente preferências pessoais, passe a redundância, mas também o papel de cada um deles na história do cinema, como marcos representativos de épocas, escolas e correntes, sem me preocupar muito em saber se são curtas, médias ou longas metragens. Depois de dolorosos cortes, o remanescente aí vai, sem qualquer ordem de preferência:


NANOOK, O ESQUIMÓ, de Robert Flaherty (1922)
KINO-EYE, de Dziga Vertov (1924)
BERLIN, SINFONIA DE UMA CIDADE, de Walter Ruthman (1927)
LES HURDES, de Luis Buñuel (1932)
NIGHTMAIL, de Basil Wright (1936)
OLYMPIA, de Leni Riefenstahl (1936)
WHY WE FIGHT?, série dirigida por Frank Capra (1942)
NUIT ET BOUILLARD, de Alain Resnais (1955)
WE ARE THE LAMBERT BOYS, de Karel Reisz (1958)
LE CHAGRIN ET LA PITIÉ, de Marcel Ophuls (1970)
KOYAANISQATSY, de Godfrey Reggio (1983)

8 comentários:

Joaquim Pavão disse...

A obra em causa de Reggio não parece justo enquadrar-se em Documentário. Não obedece às regras do mesmo. É mais um exercicio visual, a poesia das imagens em movimento e uma visão estética em triologia. Do Norte, do sul e por ultimo a guerra, Koyaanisqatsi, Powaqqatsi, Naqoyaqatsi respectivamente. Reggio, amado e odiado já tem seguidores em que se destaca Ron Fricke que trabalhou com ele no primeiro filme.

Não quero com isto dizer que o documentário é um genero menor, apenas que se afasta com aquilo a que chamaria de documentário.

Mas é um opinião de senso-comum. Sem grande conhecimento, mas se tiver errado uma resposta explicativa aumenta o pouco conhecimento.

J.

Ouriço disse...

Ui, só vi o Olympia!!!!!

Rui Luís Lima disse...

gostamos desta lista, embora haja nela quatro filmes que nunca vimos:) e já agora deixamos aqui um nome de um cineasta... Joris Ivens.
Um abraço cinéfilo
paula e rui lima

Bandida disse...

se tu os escolhes. são certamente os melhores.


beijossssss para aí.


B.
___________________________

inominável disse...

eh, JOaquim, passaste-te... mas concordo... e discordo... de qualquer forma só vi 4 da lista e este é o meu preferido...

Joaquim Pavão disse...

Passei-me?? Risos

Não. Inominavel, Adoro os filmes e conheci-os atraves do nosso Berlinense. Só queria saber se se podia chamar documentário, pois assim a frio, à primeira vista este genero é qualquer outra coisa que ainda não consegui decifrar e estava à procura de mais informação.

E já agora passo a informação 12€ na FNAC e compra-se dois deles. O terceiro 18€ numa pior edição.

vitoscano disse...

O Documentário sempre foi coisa a que não liguei muito mas se tu dizes que são bons devem ser.Como consigo ver alguns deles?

inominável disse...

tá bem tá bem.... numa Fnac perto de si...