quinta-feira, julho 05, 2007

FUTEBOL: COPA AMÉRICA zzzzzzzzzzzzzzzz


Nem tudo é bom pelo Brasil. A selecção actual de futebol deixa muito a desejar. Não fora Robinho, e mais um cheirinho de raro talento aqui e ali, e esta Copa América mais se assemelhava a um grupo de joguinhos de casados e solteiros, com arbitragens de péssima qualidade e suspense de adormecer.
Uns laivos de México e Argentina (não vi todos os jogos, mas os que vi assim foi!) não chegam para entusiasmar ninguém. Jogar futebol sem inteligência nem magia é coisa que dói. E há tanto assim, nesta versão americana do campeonato da Europa. Que, por isso mesmo, devia assumir um outro estatuto. Afinal estamos nos domínios de algumas das mais fabulosas tradições futebolisticas do mundo.
Esperemos que passada a fase dos grupos, as eliminatórias valham mais.

2 comentários:

Francisco Mendes disse...

Absolutamente de acordo. O efeito soporífero também advém da forma como encaram esta Copa: um parente pobre. Não só as altas hierarquias, mas também as próprias selecções e jogadores. Os craques (Kaká, Ronaldinho e afins) jogam na Europa e chegam a esta altura da temporada atestados de jogos nas pernas.

Nestes moldes a competição é fraca, muito fraca.

vitoscano disse...

Estou de acordo, a seleção Brasileira nesta Copa parece que esta a fazer um frete(muitos já tem muitos jogos nas pernas o que complica e muitos pedem despença, o que é mau),e o público que assiste não o merece.O resto dos jogos tambem não tem sido muito bons.
Tem sido bem melhor ver alguns jogos ou resumos do mundial de Sub20 no Canada,melhores jogos e mais imprevísiveis(por poucas o Brasil não perdia com a Coreia do Sul, excelente jogador um tal de Pato).A nossa seleção que por lá anda para mim tem muito que melhorar para ter hipóteses(ganhou o 1º e perdeu o 2º com o Mexico 2-1 e não fosse um golo de bola parada era pior)mas vamos ter esperança(para mim o José Couceiro não é treinador para seleções mas isso são outros 500, é com ele que temos que contar agora por isso boa sorte).